Saúde mental: Qual a relação com a doença celíaca?

Doença celíaca e saúde mental

Um dos temas mais abordados nas diversas esferas da sociedade contemporânea é a saúde mental, bem como as diferentes maneiras que ela pode afetar o bem-estar pessoal e social de diferentes tipos de pessoas.

Esportistas, pesquisadores, celebridades, personalidades da mídia e especialistas no assunto estão cada vez mais engajados em conscientizar as pessoas e convencê-las a priorizar sua saúde mental.

Esse tema esteve ainda mais em alta nesses momentos em que vivemos de pandemia e isolamento social.

Por isso, trazemos esse assunto para o Blog da Vitalin, mas, claro, sob a ótica do glúten e da sua relação com a saúde mental. Afina, como a saúde mental pode ser afetada a partir do diagnóstico da doença celíaca?

Doença celíaca e saúde mental, qual a relação?

Independente do sintoma que você sente, sabemos que a doença celíaca causa danos ao intestino delgado, podendo levar a deficiências nutricionais e complicações de saúde devido à má absorção de nutrientes.

Essa deficiência na absorção de nutrientes por si só é responsável por acarretar outros problemas de saúde, incluindo problemas em funções cognitivas que podem ser apresentadas através de sintomas como confusão mental e dificuldade de concentração, por exemplo.

Além disso, a doença celíaca também pode representar a causa de problemas emocionais, como:

  • Irritabilidade
  • Fadiga
  • Distúrbios do sono
  • Falta de energia
  • Perda de apetite

A descoberta da doença celíaca em qualquer organismo pode ser um choque, principalmente quando ela se manifesta tardiamente na vida de alguém que, durante toda a sua vida, consumiu alimentos que contém glúten normalmente e, aparentemente de forma repentina, começou a manifestar sintomas como desconforto intestinal, tontura, mal-estar e irritações na pele.

Uma vez identificada a doença, é necessário repensar completamente sua rotina alimentar logo após o diagnóstico, muitas vezes sem ter ideia do que pode ou não ser consumido nem de onde conseguir os produtos adequados para a sua nova dieta, gerando um novo stress e desgaste mental conforme o indivíduo precisa re-aprender a consumir alimentos.

Como aliar saúde mental e doença celíaca?

Aderir a uma dieta livre de glúten é uma mudança de que requer grandes ajustes emocionais e físicos.

Neste caso o ideal é contar com apoio psicológico, para discutir temas como ansiedade, depressão e aprender novas formas de aliviar o estresse.

Além da ajuda profissional e do apoio de amigos e familiares nessa fase de adaptação, encontrar empresas que sejam especialistas em oferecer alimentos livres de glúten, como a Vitalin, podem ajudar a tornar a dia mais gostosa e nutritiva.

Os exercícios físicos também podem ser grandes aliados na busca por uma vida mais ativa e saudável, melhorando seu bem-estar como um todo, fisicamente e mentalmente.

Como a Vitalin pode te ajudar?

Ter acesso à alimentos verdadeiramente saborosos que não contém glúten, podem tornar a vida de qualquer celíaco mais feliz!

Aqui, oferecemos a oportunidade de você sentir sabores que só podiam ser sentidos acompanhados do glúten, porém de forma segura e livre da substância.

Veja alguns exemplos do que você encontra na Loja Vitalin:

  • Massas;
  • Risotos;
  • Farinhas;
  • Misturas para bolos, pães, tortas, pizzas e panquecas;
  • Lanches saudáveis;
  • Granolas e grãos;

E uma variedade de outros produtos, confira!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.