Tem glúten na farinha integral?

Vitalin

O trigo é um dos alimentos mais conhecidos por ser rico em glúten, sendo um dos primeiros produtos a serem cortados do cardápio quando uma pessoa descobre uma alergia ou intolerância.

Contudo, muitos pensam que apenas a farinha de trigo refinada, ou farinha branca, é a “vilã” dos celíacos e que consumir sua versão integral pode ser uma boa opção.

Mas afinal, qual a diferença entre a farinha refinada e a farinha integral? E a farinha integral, tem ou não glúten? Continue a leitura para descobrir!

Qual a diferença entre os dois tipos de farinha de trigo?

A farinha é uma das formas mais básicas de se consumir grãos desde tempos remotos, basicamente tratando-se da moagem de qualquer semente feita na intenção de consumi-la das mais diversas formas, como ingrediente ou até como protagonista de determinados pratos, e a farinha branca refinada industrialmente não é exceção.

A farinha branca, que é amplamente comercializada no Brasil e no mundo, segue essa mesma linha de produção, contudo, sabe-se que seu processo de refino exige a utilização de produtos químicos e aditivos que, caso sejam consumidos em excesso, podem levar ao desenvolvimento de problemas de saúde a longo prazo, tais como: obesidade, distúrbios cardiovasculares e diabetes.

A ideia da farinha integral é que ela não ofereça riscos tão grandes à saúde por adotar um processo de moagem mais “simples”, sem grande refino e servindo o cereal (seja ele trigo ou não) de forma mais “pura” do que a farinha branca tradicional, sem a presença de aditivos e, consequentemente, oferecendo um alimento mais saudável e também com mais fibras, por exemplo.

E quanto ao glúten?

Infelizmente, não há nenhum processo durante a produção de farinha integral que diminua ou elimine o teor de glúten presente nos cereais, com seu processo sendo focado apenas em eliminar o excesso de refinamento e química utilizada na farinha branca.

Portanto, apesar de seus muitos benefícios, quem não pode ou simplesmente não deseja consumir glúten, também não deve incluir a farinha integral no cardápio.

A menos, é claro, que se trate de alguma das farinhas no catálogo da Vitalin, em que oferecemos opções de farinhas livres de glúten, inclusive em opção integral.

Acesse nossa loja virtual e conheça!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.