Blog

Integrais e sem glúten pós-festas de fim de ano

20 de dezembro de 2017

Dicas de pratos rápidos para desintoxicar e recuperar o seu bem-estar

Atire a primeira pedra quem nunca cometeu excessos à mesa nas reuniões de amigos, confraternização com a família e jantares durante as festas de fim de ano! A fartura de alimentos é típica na nossa cultura e resistir é para poucos.

Se você está entre a maioria que “se passou”, nada de se torturar ou, pior, deixar por isso mesmo. Saiba que existem alimentos que pela sua composição ou preparo ajudam a desintoxicar o organismo, trazendo de volta o bem-estar e a disposição.

Uma dica é incluir alimentos sem glúten, integrais e orgânicos na sua dieta.

A nutricionista com pós em nutrição funcional, Thaís Winter Zimmermann, preparou sugestões de receitas bem fáceis, com grãos e cereais, que vão restabelecer seu bem-estar.

Panqueca de banana e Aveia Integral Vitalin Sem Glúten

Ingredientes

  • 1 ovo (45g)
  • 2 colheres de sopa de Aveia Flocos Finos Integral Vitalin Sem Glúten (20g)
  • 1 banana (40g)
  • Canela a gosto

Preparo

Em uma tigela, coloque o ovo, a aveia, a banana picada e a canela a gosto. Unte uma frigideira com óleo de coco e coloque a mistura. Deixe dourar dos dois lados e pronto!

Rende uma porção (187,84kcal)

Farofa de Quinoa Grãos Integral Vitalin Sem Glúten

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de Quinoa Grãos Integral Vitalin Sem Glúten (200g)
  • Bacon em cubinhos (100g)
  • 3 dentes de alho picadinhos (6g)
  • 1 cebola grande picadinha (30g)
  • 1 cenoura grande ralada (60g)
  • Castanha de caju picadinha (50g)
  • Azeitonas verdes picadas (50g)
  • 2 colheres de sopa de cebolinha verde picadinha (12g)
  • 1 colher (sopa) cheia de manteiga (20g)
  • 6 ovos (250g)
  • Sal e pimenta-do-reino

Preparo

Cozinhe a quinoa em água fervente com sal por cerca de 7 minutos ou até ficar al dente. Escorra em uma peneira e leve ao fogo baixo, em uma frigideira, por cerca de 5 minutos ou até secar, mexendo de vez em quando (não seque demais para não endurecer). Retire e reserve. Na mesma frigideira, frite o bacon na própria gordura até ficar dourado e sequinho. Adicione o alho e a cebola e refogue até dourar levemente. Junte a cenoura, a castanha, a azeitona e cebolinha a gosto e misture rapidamente até a cenoura murchar (cerca de 2 minutos). Reserve.

Rende quatro porções (1000kcal)

Overnight Oats com Chia Grãos Integral Vitalin Sem Glúten

Ingredientes

  • 50 ml de leite de coco
  • 1 colher (sopa) de Chia Grãos Integral Vitalin Sem Glúten (7g)
  • 1 banana picada (40g)
  • 1 colher (sobremesa) de Aveia Flocos Vitalin Sem Glúten (15g)
  • Mamão picado (140g)

Preparo

Em um pote de vidro coloque uma camada de leite de coco e a chia. Acrescente a banana picada. Na segunda camada coloque uma colher de farelo de aveia, mais uma camada do leite de coco e chia. Finalize com o mamão picado. Faça um dia antes de consumir e conserve em geladeira.

Validade: dois dias na geladeira (293,9kcal)

Profissional consultada

thais

Thaís Winter Zimmermann
CRN10 – 6104P
Nutricionista, graduada em Nutrição pela Católica de Santa Catarina e pós-graduanda em nutrição funcional Vp
Telefone: (47) 996049443


Compartilhe este post

Uma saborosa Ceia de Natal com pratos sem glúten

5 de dezembro de 2017

O Natal vem chegando e o menu da ceia já está na lista de tarefas. Reunir os amigos e familiares ao redor de uma mesa saborosa e nutritiva é um dos momentos mais prazerosos das festas de fim de ano.

Por isso mesmo não é preciso abrir mão de uma alimentação saudável, com produtos sem glúten. A Vitalin Sem Glúten dá dicas de receitas super práticas e saborosas. Assim você prepara a ceia e não compromete a boa forma.

Veja como é fácil! Delicie-se e boas festas!

Salada de quinoa com castanhas, frutas e mel
Ingredientes:

  • 1 xícara de quinoa em grãos (para dar um colorido no prato, escolha a Quinoa Tricolor da Vitalin)
  • ½ cebola picada
  • ½ xícara de mix de castanhas (pará, amêndoa e nozes), levemente trituradas
  • ½ xíc de damascos secos picados
  • ½ xíc de uvas passa branca ou preta seca
  • 1 colher de sobremesa de mel
  • Azeite extra virgem ou o óleo de sua preferência
  • Sal
  • Hortelã à gosto

Preparo
Cozinhe a quinoa com 2 xícaras de água e a cebola picada e reserve. Misture as castanhas trituradas, as frutas secas, hortelã picada e tempere com o mel, o azeite, sal a gosto. Misture a quinoa cozida e coloque para gelar.

20.4_Post_Blog_Ceia_Natal_Farofa

Farofa natalina com linhaça e gergelim
Ingredientes:

  • 1 dente de alho
  • ½ cebola roxa
  • ½ xícara de farinha de mandioca
  • ½ xícara de gergelim Vitalin Sem Glúten
  • ½ xícara de farinha de linhaça dourada Vitalin Sem Glúten
  • Mel
  • Sal e pimenta à gosto

 Preparo
Frite a cebola e o alho no óleo de sua preferência. Se desejar caramelizar, utilizar o mel. Acrescente a farinha de linhaça dourada e a farinha de mandioca aos poucos. Mexa sempre para não queimar e cuidado para não exagerar no óleo. Por fim, acrescente o gergelim e tempere com o sal e a pimenta.

Rabanada sem glúten
A tradicional sobremesa de Natal não pode ficar de fora do cardápio

 Ingredientes para o pão
– 1 1/2 xícara de creme de arroz
– 1/2 xícara de fécula de batata
– 1/2 xícara de amido de milho
– 1/2 colher de sopa de açúcar
– 1 colher de chá de sal
– 1 1/2 colher de chá de emustab
– 2 claras de ovo
– 4 colheres de sopa de óleo
– 15 g fermento biológico fresco
– 1 1/4 de xícara de água morna

Ingredientes para a rabanada
– 1 xícara de leite
– 1 xícara de leite de coco
– 2 colheres de açúcar
– 2 ovos
– 1 xícara de açúcar
– 1 colher de sopa de canela
– Papel absorvente
– Óleo para fritar

Preparo do pão
Em uma tigela, misture bem com as mãos as farinhas, o sal, o açúcar, o emustab derretido, o óleo a as claras de ovo. Adicione o fermento e a água, e misture novamente. Coloque em uma fôrma para pão untada e cubra com um plástico e um pano de prato e, para o pão crescer mais rápido, coloque a fôrma sobre uma assadeira com água quente. Deixe crescer por cerca de 20 minutos. Pré-aqueça o forno em temperatura média e depois asse até dourar.

Preparo das rabanadas
Corte o pão em fatias e umedeça-as com a mistura do leite, leite de coco e duas colheres de sopa de açúcar. Reserve. Bata as claras em neve, acrescente as gemas e bata novamente. Molhe o pão umedecido nesta mistura e frite em óleo bem quente até que as fatias fiquem douradas. Escorra em papel absorvente. Misture uma xícara de açúcar com uma colher de sopa de canela e polvilhe esta mistura por cima das rabanadas


Compartilhe este post

Saiba como identificar se um petisco é saudável

27 de novembro de 2017

5 dicas que vão ajudar você a “conhecer” melhor o que está ingerindo

 Sempre chega a hora que bate aquela fominha entre as refeições, não é verdade? E para “enganar o estômago”, sem cometer exageros, surgiram no mercado inúmeros produtos que prometem praticidade aliada a um apelo “fita”, como é o caso de biscoitos, cookies e snacks.

Mas será que esses “petiscos” fora de hora são realmente nutritivos e fazem bem?

Para saber um pouco mais sobre o que você está comendo, a orientação é ler o rótulo das embalagens. Para facilitar seu entendimento, trazemos algumas dicas que podem te ajudar nesta missão.

1- Atenção para a lista de ingredientes

De acordo com a legislação brasileira, todo produto alimentício (industrializado) deve conter uma lista de ingredientes, em ordem decrescente, mostrando a quantidade por porção.

Então, preste a atenção no rótulo e veja quais são os ingredientes que aparecem nessa lista. Fique atento para as farinhas refinadas, presença de óleos e gordura vegetal hidrogenada, aditivos e conservantes artificiais.

Produtos mais saudáveis e nutritivos são feitos com matérias-primas integrais, grãos e produtos naturais que proporcionam um reforço de vitaminas e minerais essenciais ao organismo.

Os snacks integrais sem glúten da marca Vitalin, por exemplo, utilizam ingredientes com propriedades nutricionais e funcionais como a farinha de banana verde. Esta farinha é considerada um ingrediente com alto valor nutritivo e proporciona benefícios à saúde. Além disso, o snack também contém grãos nobres que auxiliam no bom funcionamento do organismo.

2- Informações nutricionais

O consumo de fibras é importante para manter a saúde e prevenir doenças. Elas auxiliam o bom funcionamento do organismo ajudando na digestão, no controle da glicose e na eliminação de toxinas.

Os alimentos vegetais são os mais ricos em fibras como frutas, vegetais e cereais. Além disso, fornecem nutrientes importantes como proteínas, vitaminas e minerais que são de extrema importância para o bom funcionamento do organismo.

Para saber a quantidade de fibras dos biscoitos e snacks leia a tabela de Informações Nutricionais. Nessa lista também consta o valor diário que indica a quantidade de fibras que o produto está fornecendo para sua dieta.

3-  Gordura vegetal hidrogenada

Na lista de ingredientes está a presença de gordura vegetal hidrogenada? Fique atento! Este é um tipo de ingrediente com alta concentração de gordura trans, um vilão da saúde.

A Resolução RDC nº 360/2003 da Anvisa permite que os produtos que têm menos de 0,2g desse tipo de gordura por porção tragam no rótulo a declaração 0% gordura trans, pois é considerada uma quantidade não significativa. Mesmo assim, a ingestão de pequenas porções diárias podem levar ao limite máximo estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), de até 2g por dia.

Por isso, prefira os alimentos livres desse tipo de gordura!

4-  Quantidade de açúcar e sódio

O sódio é proveniente principalmente do sal adicionado no alimento. Quando em excesso, ele é bastante prejudicial ao corpo, provoca retenção de líquidos e aumento da pressão arterial.

Para ser considerado com baixo teor de sódio, o biscoito deve conter um limite de 80mg de sódio por porção. Essa informação deve estar presente na Tabela de Informações Nutricionais.

Já o consumo de açúcar em excesso está relacionado com diversas enfermidades e deve ser consumido de maneira consciente e em quantidades moderadas. Por isso, dê preferência para os biscoitos e snacks que apresentem as versões não refinadas como o açúcar mascavo, demerara e de coco.

Como eles não passam por processo de refinamento, possuem nutrientes e vitaminas que agregam benefícios à sua alimentação.

5- Conservantes e aditivos

O uso de aditivos é usual na indústria de alimentos devido aos benefícios tecnológicos que oferecem. Eles são utilizados principalmente para melhorar a aparência, textura e conservação dos alimentos, mantendo o produto em condições de consumo por mais tempo, evitando a ação de microrganismos como bactérias e fungos.

Existem diversos tipos de aditivos, que podem ser naturais ou sintéticos, com finalidades específicas de acordo com o objetivo final no produto. De preferência por produtos que utilizam conservantes naturais e não sintéticos. Para identificá-los basta analisar a lista de ingredientes no rótulo – a identificação é obrigatória.

Para saber mais sobre alimentos saudáveis e funcionais, acompanhe nosso blog.


Compartilhe este post

Dica de Receita: Bolo de caneca arrepiante

31 de outubro de 2017

Não é preciso ser um chef de cozinha para transformar pratos simples em receitas de Halloween. Veja nossa dica para deixar o dia mais arrepiante!!!

Bolo de caneca arrepiante

Modo de preparo:

– Adicione 50mL de água (aprox. 7 colheres de sopa) em uma caneca com capacidade para 200mL e que possa ser utilizada no micro-ondas.

– Adicione o conteúdo de um sachê Mistura para Bolo de Caneca Brigadeiro que Lambuza Integral Vitalin Sem Glúten e mexa até obter uma massa homogênea.

– Leve a caneca ao micro-ondas, na potência alta por 50*segundos.

– Depois de pronto, decore o topo do bolo com chantili laranja e de um toque final com um chapeuzinho de bruxa feito com pasta americana.

– Consuma ainda quente na caneca ou desenforme em um prato.

*Tempo recomendado para preparo em micro-ondas com potência de 1.550w.

O tempo de preparo poderá variar conforme potência do micro-ondas.

 


Compartilhe este post

Fibra de maracujá: O azedinho que ajuda a emagrecer.

14 de junho de 2017

O maracujá é um dos frutos mais conhecidos das regiões tropicais. Com um típico sabor azedo, a fruta é famosa pela propriedade calmante e ação antioxidante promovida no organismo. Além da polpa, o consumo da casca desidratada da fruta também traz benefícios à saúde e tem conquistado espaço nas dietas, principalmente para perda de peso e controle do colesterol.

A fibra do maracujá – extraída da casca da fruta – é rica em pectina, um tipo de fibra que arrasta as gorduras para fora do organismo, auxiliando no processo de emagrecimento. Esta substância, em contato com o estômago, transforma-se num gel não digerível que provoca a sensação de saciedade, reduzindo a vontade de comer mais. Isso também acontece porque ela retarda a entrada de glicose no sangue, o que também inibe o apetite.

Uma colher de farinha de maracujá uma hora antes de cada refeição já é suficiente para ajudar a controlar o apetite e reduzir a quantidade de alimentos consumidos na próxima refeição.

Outro benefício da fibra do maracujá é seu grande efeito desintoxicante. Se consumida todos os dias, ela ajuda a eliminar as toxinas que se acumulam no organismo prejudicando o funcionamento dos órgãos. Para alcançar o efeito desejado, o consumo da farinha deve ser diário. Por isso, varie o modo de acrescentá-la no cardápio. Pode ser no suco, no iogurte, na salada, na sopa.


Compartilhe este post