Alimentos nutritivos para uma alimentação de verdade Cuidar da sua saúde e bem-estar é nossa prioriedade Mais praticidade e mais sabor Cuidar da sua saúde com ingredientes selecionados

Categorias

O que você precisa saber sobre contaminação cruzada

20 de agosto de 2020

O que é?

A contaminação cruzada ocorre quando acontece uma transferência de bactérias ou outros micro-organismos de uma substância para outra, como por exemplo: utilizar uma faca para cortar uma carne e logo em seguida cortar vegetais crus com a mesma faca, pode levar a contaminação cruzada.

Tipos de contaminação cruzada:

De alimento para alimento: adicionar uma verdura contaminada e não lavada a uma salada, contaminando assim os outros ingredientes.

De equipamentos para os alimentos: facas, tábuas, bancadas, recipientes de armazenamento e equipamentos de fabricação de alimentos, entre outros, podem ser infectados pelas bactérias, já que elas conseguem sobreviver por um grande período nessas superfícies. Isso pode acontecer durante o manuseio, tanto em fábricas quanto em casa.

De pessoas para os alimentos: a transmissão ocorre quando não se lava as mãos para começar o preparo de uma refeição ou então no meio do processo de preparo.

Os efeitos colaterais da contaminação cruzada

Os efeitos colaterais mais comuns e mais leves são dores de estômago, perda de apetite, dores de cabeça, náusea e diarreia. 

Os efeitos mais graves incluem febre, desidratação, falência de órgãos e até morte. A Organização Mundial da Saúde no ano de 2015 divulgou um estudo (Estimates of the global burden of foodborne diseases 2015) mostrando que em 2010, 1 de 10 pessoas adoeceram por comer alimentos que foram contaminados. O total correspondente a 600 milhões de pessoas, sendo 42.000 que faleceram.

Pessoas que são alérgicas ou possuem sensibilidade ao glúten (proteína encontrada nos alimentos que possuem como ingredientes trigo, aveia, malte, cevada e centeio) devem tomar muito cuidado, pois em ambientes nos quais alimentos sem glúten e com glúten são preparados juntos, sempre haverá contaminação cruzada.

Pessoas que são celíacas sabem que o organismo pode reagir de diferentes maneiras como diarreia, constipação, alteração no apetite, vômitos, náuseas, humor alterado, distensão abdominal e dor abdominal quando ingerido glúten.

Como evitar a contaminação cruzada

Algumas práticas devem ser adotadas para  evitar a contaminação cruzada e a contaminação por glúten como:

Lavar sempre as mãos com água e sabão antes do preparo dos alimentos e após tocar em carne crua, usar o banheiro, tossir ou espirrar ou usar o celular;
Lavar os utensílios utilizados, facas, tábuas e outras superfícies com sabão e água;
Usar tábuas separadas para as carnes e para os legumes;
Usar sempre esponjas e panos limpos;
O alimento precisa ser cozido na temperatura adequada (pode usar um termômetro de alimentos);
Na hora de comprar alimentos, evite os que estão perto da data de validade, a menos que os consuma imediatamente;
Carnes cruas devem ser guardadas em um recipiente de vidro fechado dentro da geladeira;
Áreas separadas para preparação de alimentos sem glúten e com glúten;
Para a compra de alimentos industrializados, a embalagem deve apresentar a informação “não contém glúten”;
Comprar produtos com a garantia de credibilidade do fabricante e que possuem certificações. 

Quais cuidados as empresas precisam ter para não ocorrer a contaminação cruzada?

As Boas Práticas (papéis exigidos pela vigilância sanitária), servem para garantir a qualidade dos alimentos e proteger a saúde de quem os consome.
Entre várias recomendações, podemos destacar:
A separação física dos ambientes de produção e armazenamento das matérias primas;
Evitar o contato direto ou indireto entre alimentos crus e semi-preparados;
Limpar todas as embalagens dos ingredientes;
Estocar em local fechado e isolado os resíduos que devem ser coletados frequentemente;
Uniformes exclusivos para a produção dos alimentos.

Curiosidades:

1) Itens variados podem conter traços de glúten em sua composição, como ração para animais, medicamentos, suplementos, cosméticos, massinha de modelar, giz de lousa, balões de látex, tinta facial e cola branca. Ao adquirir estes produtos é preciso ficar atento a sua fórmula e à presença de glúten.

2) Para minimizar os riscos associados ao consumo de ovos crus a Anvisa obrigou a declaração na rotulagem de ovos com as seguintes informações: “O consumo deste alimento cru ou mal cozido pode causar danos à saúde” 

Nossa maior motivação é a sua segurança e, claro, bem-estar!

A Vitalin Sem Glúten possui certificação Gluten Free, uma garantia de que nossos alimentos são produzidos com ingredientes livres de glúten, de acordo com um rigoroso controle de qualidade e rastreabilidade na cadeia produtiva, livre de possibilidades de contaminação cruzada.

Conheça nossa loja: https://vitalinsemgluten.lojavirtualnuvem.com.br/


Compartilhe este post

Glúten: entenda o que é e o motivo para evitar

11 de agosto de 2020

A Vitalin Alimentos é a primeira empresa brasileira do segmento de alimentos saudáveis a receber o selo internacional Gluten Free (GF).

O selo GF indica aos consumidores quais produtos são produzidos com ingredientes livres de glúten e sem risco de contaminação cruzada, pois seguem um controle de qualidade rigoroso, atestando que os passos seguidos na cadeia produtiva não comprometam a produção e a qualidade do produto.

Mas afinal o que é glúten?

O glúten é uma proteína encontrada nos alimentos que possuem como ingredientes trigo, aveia, malte, cevada e centeio.
É ele que oferece por exemplo a elasticidade dos pães, bolos e biscoitos.
Por ser considerado uma proteína de difícil digestão, o glúten acabou se tornando uma espécie de vilão.

Alguns estudos publicados mostram os potenciais riscos à saúde associados a ele, tais como alergias, aumento de peso. Em consumo exagerado, ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares, levando muitas pessoas a optarem por reduzir ou eliminar essa proteína da dieta.
Existem também aquelas que precisam de uma dieta mais restritiva, pois possuem sensibilidade ao glúten, alergia ao trigo ou até mesmo doença celíaca.

A gente explica a diferença:

Vamos começar com a sensibilidade ao glúten.
Ela é decorrente da má digestão do glúten causando uma alteração gastrointestinal.
Seus sintomas são: dor no estômago, excesso de gases e sensação de queimação na garganta.

A alergia ao trigo é uma resposta imunológica ao consumo de trigo, causando uma reação logo após a ingestão do alimento apresentando vermelhidão na pele, coceira intensa, inchaço no rosto ou língua e, em alguns casos, vômito.

Já a doença celíaca é um distúrbio inflamatório crônico do intestino delgado, uma resposta autoimune ao glúten quando este entra em contato com o intestino causando inchaço, anemias, diminuição de fertilidade e sinais de desnutrição.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre glúten, com uma orientação adequada dada por um profissional, pode iniciar uma alimentação apropriada às suas necessidades e também para um processo mais saudável de nutrição utilizando os produtos da Vitalin Alimentos, trazendo assim equilíbrio para o seu dia a dia, desde o café da manhã até o jantar.

Conheça nossa loja: https://vitalinsemgluten.lojavirtualnuvem.com.br/


Compartilhe este post

Vamos falar um pouco sobre produtos orgânicos?

19 de junho de 2020

Nos dias de hoje, o mercado oferece muitos tipos e categorias de alimentos e produtos que são desenvolvidos para melhorar e agregar em todos os estilos de alimentação.

Uma das categorias mais procuradas são as de alimentos orgânicos.
Ela deixou de ser um nicho pequeno e passou a ser parte do dia a dia da grande maioria da população brasileira e mundial. Ainda mais depois da liberação de novos agrotóxicos intensificando a busca pelos produtos. 

Para ser considerado orgânico, o alimento além de ser livre de agrotóxicos e de adubos químicos, precisa ter todo o seu processo de produção, de cultivo, de estocagem e até mesmo o de transporte, dentro das regras estabelecidas pelos órgãos de certificação orgânica.

Um produto natural, não é um orgânico, ele provém da natureza, o que não significa que seja livre de agrotóxicos. A diferença deles está no certificado.
O certificado garante às pessoas que os alimentos rotulados como “orgânicos” tenham sido produzidos dentro dos padrões da agricultura orgânica.

Após tudo isso estar verificado, é liberado o selo de certificação que ficará na embalagem. 

Por que devemos priorizar o consumo do alimento orgânico?
Em primeiro lugar, você deixará de consumir um grande volume de agrotóxicos e pesticidas. Isso ajudará a evitar riscos à sua saúde.
Muitos estudos já relacionaram o consumo de agrotóxicos ao desenvolvimento de diversas doenças e alergias.
Como são utilizados adubos naturais, o valor nutritivo aumenta também, comparado aos alimentos convencionais.
Além disso, a produção dos alimentos orgânicos é muito boa para o meio ambiente, pois ela não agride o solo, não prejudica a água, nem os animais e os insetos, ajudando também na agricultura familiar, já que está quase que exclusivamente nos pequenos e médios produtores.

Agora que você já sabe mais um pouquinho sobre os produtos orgânicos, vem conhecer os nossos produtos orgânicos disponíveis: 

Conheça nossa loja: https://vitalinsemgluten.lojavirtualnuvem.com.br/


Compartilhe este post

Férias divertidas e saudáveis com a Vitalin

17 de julho de 2019

As férias escolares de julho mal começaram e as crianças já estão ansiosas para aproveitar esse período ao máximo! Muitos pais, contudo, não conseguem férias do trabalho e ficam na dúvida sobre como entreter os pequenos e ainda conseguir manter um rotina alimentar saudável. Por isso preparamos sugestões de atividades que as crianças vão adorar! São dicas práticas, saborosas e divertidas, que se encaixam perfeitamente no fim de semana, por exemplo. Confira!

Para começar o dia com bastante energia

Que tal um café da manhã super divertido? Transformar a primeira refeição do dia em uma atividade lúdica pode tornar esse momento ainda mais prazeroso, principalmente para os pequenos. 

No cardápio, você pode incluir frutas, cereais, iogurte, granola e outras delícias que, além de nutritivas, são super saborosas. Os novos Cereais Matinais Vitalin Sem Glúten, por exemplo, são fontes de vitaminas e minerais. Disponíveis nos sabores tradicional e chocolate, as crianças vão adorar! Que tal surpreender os pequenos com um café da manhã temático? Experimente montar um rostinho ou algum animalzinho utilizando frutas para compor o desenho. Com certeza a refeição ficará muito mais saborosa e divertida.

Outra opção para saborear  são as Granolas Vitalin Sem Glúten. Com uma variedade incrível de sabores, elas vão agradar todos os paladares! Combine com o iogurte preferido da família e a refeição ficará ainda mais deliciosa!

Programe um passeio diferente

Para divertir e entreter a criançada, por que não programar um passeio diferente? Que tal uma viagem em família até a praia ou ir ao  parque para andar de bicicleta ou patins? Passar  o dia no zoológico ou no parque de diversões também são ótimas opções. 

Já nos  dias de chuva, a diversão é garantida com uma sessão de cinema! Experimente levar alguns Cookies ou Snacks Vitalin Sem Glúten na hora de assistir o filme! E por falar em Snacks, eles foram reformulados e estão ainda mais saborosos, vale a pena experimentar!

As opções são infinitas! É só escolher o programa que a família toda mais curte e sair com as crianças para um dia recheado de atividades divertidas!

Piquenique ao ar livre

Aproveite o dia ensolarado para fazer um delicioso piquenique em família! Além de tornar o momento da refeição super divertido, você pode organizar tudo de forma rápida e prática, contando com o auxílio da garotada para preparar os lanchinhos!

Antes de sair de casa, experimente preparar opções de lanches simples como sanduíches ou bolo. No dia anterior, você pode deixar o pão prontinho. Com a Mistura para Pão Multigrãos Vitalin Sem Glúten tudo fica mais fácil, basta misturar todos os ingredientes e levar ao forno! No dia seguinte é só montar os sanduíches e levar para o lanche! O sabor do bolo fica ao seu critério, com as Misturas para Bolo de Aveia Vitalin Sem Glúten você pode prepará-los de maneira super prática, utilizando água, suco, leite ou até mesmo chá! Escolha entre os sabores Linhaça com Coco, Chia com Laranja e Amaranto com Cacau ou que tal preparar todas as opções  e deixar a criançada escolher o preferido? E a programação ainda continua…

Para fechar  o dia com chave de ouro, que tal uma pizza? Se você quer praticidade é só utilizar a Mistura Integral para Pizza Vitalin Sem Glúten. Basta misturar todos os ingredientes, acrescentar a massa em uma forma para pizza, deixando fermentar por alguns minutos. Depois leve ao forno para pré-assar a massa. Acrescente  o recheio preferido da galerinha e retorne ao forno para completar a cocção. Agora é só esperar a pizza ficar pronta e servir! Opções de recheios doces também são bem-vindas, que tal chocolate ou confete? Junte a criançada para fazer a preparação, eles vão adorar!

A Vitalin Sem Glúten tem tudo para tornar os melhores momentos ainda mais saborosos saudáveis e divertidos. São diversas opções feitas especialmente para cada hora do dia! Não deixe de conferir  a nossa linha completa de produtos! E nos acompanhe também em nosso Facebook e Instagram. Também temos receitinhas em nosso canal do Youtube.


Compartilhe este post

Dicas para manter hábitos saudáveis durante o inverno

19 de junho de 2019

O friozinho já chegou e com ele os hábitos de muita gente tendem a mudar um pouco. De manhã cedo, dá muito mais vontade de passar uns minutinhos a mais no conforto da cama. Durante as refeições, buscamos maneiras de aquecer o corpo com alimentos quentinhos (e, muitas vezes, calóricos). E no final do dia, bate aquela preguicinha na hora de sair de casa para se exercitar. Com mudanças na rotina, como conseguir manter hábitos saudáveis durante o inverno? A gente separou algumas dicas que podem te ajudar.

Encontre motivação para deixar a preguiça de lado

Quando você está no conforto de uma cama quentinha e percebe aquele friozinho do lado de fora, fica muito mais difícil levantar. Por isso, uma boa tática é encontrar pequenas motivações que te façam começar o dia com total disposição. Pode ser um encontro pelo qual você está aguardando, um desafio que você precisa superar, um evento que você quer conferir ou até mesmo algo simples, como um café quentinho à sua espera.

Outra ideia que pode funcionar é deixar o celular com o despertador longe da cama. Dessa maneira você precisará levantar para desligá-lo. Até vale aproveitar a cama aconchegante por uns minutos a mais de vez em quando, desde que essa mudança de hábitos não atrapalhe a sua rotina 😉

Mantenha um cardápio leve e prazeroso

Durante o inverno é muito mais fácil cair em tentações calóricas e gordurosas. A categoria comfort food (comida confortável), aquela capaz de nos fazer sentir quentinhos e acolhidos, é a preferida da estação, mas a boa notícia é que pra ser comfort não precisa ser calórico.

É verdade que durante o inverno o nosso organismo precisa ingerir mais calorias, mas existem opções saudáveis e super bem-vindas, como os alimentos Vitalin Sem Glúten. Para o café da manhã, por exemplo, que tal um pãozinho que acabou de sair do forno? Com a Mistura para Pão Multigrãos Sem Glúten você não terá trabalho algum. É só misturar os ingredientes, deixar a massa descansar e colocar para assar.

Quer uma opção saudável para saborear com os amigos? Que tal um café da tarde com um bolo quentinho? A Mistura para Bolo de Aveia e Amaranto com Cacau é super prática e fica pronta em poucos minutinhos. Você pode prepará-la com água, leite, suco ou outro líquido de sua preferência. Já no período da noite, que tal preparar a favorita da estação? No site da Vitalin você encontra a receita de uma Sopa de Quinoa deliciosa. Não deixe de conferir o passo a passo.

Para incrementar ainda mais o cardápio, você pode apostar em alimentos termogênicos como o chá verde, o chá-mate, a canela, o alho, a maçã, o gengibre, a couve e tantos outros! Esses ingredientes ajudam a manter o corpo aquecido e são capazes de aumentar o gasto calórico do organismo durante a digestão. Além disso, nada mais gostoso que um chá quentinho acompanhado de cookies, bolo e outras delícias 🙂

Não desista da prática de exercícios

Praticar exercícios físicos é importante em qualquer época do ano e durante o inverno não seria diferente. A questão é que com o friozinho batendo à porta muitas pessoas acabam desistindo da academia, da corrida ou das aulas funcionais. Nada disso!

Exercícios físicos trazem inúmeros benefícios para a saúde e melhoram o funcionamento do organismo, desde que a sua prática seja regular. Ou seja, nada de largar a prática esportiva. Se você já pratica algum exercício ao ar livre e, por causa do frio, se sente desmotivado, pode procurar opções indoor. Se você ainda não pratica nenhum tipo de exercício, não espere até o verão para começar!

De acordo com um pesquisador do Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (Celafiscs), a prática de exercícios no inverno pode até mesmo ajudar quem está tentando perder peso, já que aumenta em até 30% a queima de calorias. Entre as recomendações, você deve:

  • usar roupas leves, como calça e casaco de moletom. Abafar o corpo com muita roupa faz eliminar sais minerais em excesso, o que não é saudável;
  • sempre se alongar e aquecer antes da prática de exercícios. No inverno, o corpo em repouso leva mais tempo para atingir a temperatura ideal para a atividade física;
  • não esquecer da hidratação antes, durante e depois do exercício físico.

Não se esconda do Sol

Durante o inverno o Sol não aparece com tanta frequência, por isso, quando aparece, você precisa aproveitá-lo ao máximo! Quando o clima estiver favorável, dê um passeio pela cidade, vá ao parque e aproveite para restaurar o estoque de vitamina D. Apesar de também ser obtida por meio da alimentação, é por meio da exposição solar que garantimos entre 80% e 90% da síntese desta vitamina.

Fácil, não é mesmo? Ao seguir essas dicas simples, você conseguirá manter uma rotina muito mais saudável durante o inverno.


Compartilhe este post