Blog

Produtos da Vitalin recebem o selo Kosher

1 de novembro de 2016

O selo de qualidade criado pela comunidade judaica também pode ser um importante aliado dos vegetarianos e intolerantes à lactose.
Após ser atestada pelo selo GF (Gluten-Free), a principal certificação do mercado mundial sem glúten, a Vitalin acaba de receber mais um certificado de qualidade do mercado alimentício: o selo kosher, um dos mais importantes e rígidos do mundo.

A palavra kosher, significa “permitido”, “próprio” ou “bom” e designa aqueles alimentos que podem ser consumidos pelos judeus por obedecer às normas da dieta judaica ortodoxa. Entre as restrições imposta pela dieta está a proibição do consumo de carne, órgãos, ovos e o leite de certos animais (veja abaixo outras regras da dieta judaica).

No Brasil, o selo Kosher é emitido pela BKA do Brasil – órgão responsável pela avaliação e fiscalização dos alimentos, mas o selo é mundialmente reconhecido e sinônimo de controle máximo de qualidade. Para receber a certificação, explica a engenheira de alimentos da Vitalin, Flavia Passos, a empresa precisa passar por uma série de avaliações.

Na primeira etapa, uma pesquisa minuciosa é realizada para levantamento de dados sobre os ingredientes que compõem os produtos, cadeia de fornecedores, bem como o processo de fabricação. Na segunda etapa, após ter sido constatado que os produtos preenchem as normas da dieta, é agendada uma visita de um rabino ortodoxo à fábrica para auditoria e aprovação final.
“Além dos judeus, muitos consumidores enxergam a alimentação kosher como uma alimentação de maior qualidade. Além disso, a indicação “parve” em produtos kosher demonstra a ausência de carne ou leite no produto, o que abre o mercado para o consumidor vegetariano ou àqueles que tem certa intolerância à lactose”, explica.
Os produtos da Vitalin Sem Glúten avaliados e certificados pelo selo BKA (Kosher) são:

Farinha de Linhaça Dourada Orgânica
Farinha de Linhaça Dourada Integral
Farinha de Chia Integral
Farinha de Chia + Linhaça Dourada Orgânica
Farinha de Linhaça Marrom Integral
Açúcar Mascavo Orgânico
Farinha de Amaranto Orgânico
Farinha de Quinoa Orgânico
Amaranto Orgânico em Flocos
Semente de Chia Integral
Gergelim Branco Descascado
Gergelim Branco Natural
Semente de Linhaça Dourada Integral
Semente de Linhaça Marrom Integral
Quinoa Integral Tricolor em Grãos
Quinoa Integral em Grãos
Semente de Linhaça Dourada Orgânico
Quinoa Real Orgânica em Grãos
Quinoa Real Mista Orgânica em Grãos
Quinoa Real Vermelha Orgânica em Grãos
Aveia em Flocos
Aveia em Flocos Finos
Mistura Integral para Massas sem Glúten 5 em 1
Chia Grãos Orgânico
Chia Branca Grãos Premium Integral

Em breve, todos os produtos Vitalin terão o selo BKA identificados na embalagem.

Conheça algumas regras da dieta judaica:

  • Certos animais não podem ser consumidos de forma alguma. Essa restrição inclui a carne, os órgãos, os ovos e o leite desses animais. Mesmo os animais permitidos só podem ser ingeridos se forem abatidos de acordo com as regras da lei judaica.
  • Todo sangue deve ser drenado da carne antes de comer.
  • Algumas partes de animais permitidos não podem ser ingeridas.
  • Carne não pode ser ingerida junto com leite.
  • Peixes, frutas, vegetais e grãos podem ser comidos tanto com carne quanto com leite.
  • Os utensílios que estiveram em contato com carne não podem ser utilizados com leite e vice-versa.
  • Produtos à base de uva fabricados por um não judeu, não podem ser consumidos.
  • Somente os peixes que possuem escamas e nadadeiras podem ser consumidos.
  • Todos os tipos de moluscos e frutos do mar são proibidos.
  • Os vegetais e grãos devem ser rigorosamente supervisionados para que não haja vermes ou insetos.

Compartilhe este post